Taubaté e Pindamonhangaba tem quinta-feira sem confirmação de óbitos

As duas cidades registram queda significativa nos registros de novos casos e mortes pela doença

Taubaté apresenta boletim sem óbitos nesta quinta-feira

A Vigilância Epidemiológica de Taubaté atualizou os dados pandemia nesta quinta-feira (29) com destaque para um boletim que não registrou óbito. Dessa forma, segue o total divulgado na quarta-feira quando o município contabilizou 769 casos fatais.

De acordo com os dados da VE, a cidade confirmou hoje 73 novos casos da doença, elevando para 48.422 o número de pessoas contaminadas. Ainda de acordo com o relatório do dia, o índice de isolamento social está em 39% e a variação diária de casos está em 0,15%.

No momento, o índice de ocupação de leitos de UTI do Hospital Municipal Universitário de Taubaté (HMUT) aponta para 77% e a taxa de leitos com suporte ventilatório está em 60%. Para os leitos de enfermaria da UPA Central, a taxa é de 54% e para leitos de suporte ventilatório a taxa é de 21%.

Juntos HMUT e UPA Central possuem taxa consolidada de ocupação da enfermaria de 68% e taxa de ocupação de leitos com suporte ventilatório de 31%.
 

Pinda registra  48 casos novos, 43 recuperados e nenhum óbito

Em Pindamonhangaba, o boletim da Vigilância Epidemiológica divulgado nesta quinta-feira (29) não registrou casos fatais. Logo, permanece o total informado ontem que foi de 402 óbitos

A VE da cidade confirmou ainda 48 novos casos e 43 recuperados. No total, 18.013 moradores de Pindamonhangaba testaram positivo para covid-19. Por outro lado, 17.064 pessoas foram recuperadas da doença.

As UTIs públicas estão com 47% no índice de ocupação de leitos, enquanto as UTIs particulares estão com ocupação de 67%.  A enfermaria está com ocupação de 43% somados os leitos públicos e particulares.

O número total de doses de vacinas aplicadas está em 126.267(números atualizados até às 12h01 de 29 de julho), sendo 92.451 primeiras doses, 29.444 segundas doses e 4.372 doses únicas.

A Secretaria de Saúde alerta a população para que procure os gripários em caso de sintomas de covid-19 (Pronto-Socorro e UPA Moreira César) para tratamento imediato.